É fácil definir o sono, certo? Fechamos os olhos, aterramos na cama, e desligamos até ao dia seguinte. O nosso cérebro é apenas um computador superavançado, e dormir é o equivalente a desligar durante a noite. Só que há sonhos!

  

Enfim, não, não é assim tão simples. Todos sabemos o quão importante é dormir em condições, tanto em termos de horas como a qualidade do próprio sono. Todos sabemos quão cansados e desgastados podemos ficar depois de perder sono, e o quanto afeta a nossa habilidade para estarmos concentrados e sermos produtivos. Mas porquê? Porque é que não é suficiente descansar o corpo e a mente sentando-nos confortavelmente durante algumas horas a ouvir música relaxante, ou a ver uma sitcom pacífica na TV?

  

O que é o sono?

Mesmo tendo acesso a toda a ciência que explica os nossos hábitos e práticas de sono, isso é uma pergunta difícil de responder. Sabemos como o sono se manifesta. Sabemos como a nossa consciência se altera. Sabemos como as nossas capacidades sensitivas são inibidas. Sabemos como a nossa atividade muscular é reduzida, e como a nossa temperatura corporal baixa, e como há várias fases de sono (REM e não-REM). Mas é difícil definir o sono. Os propósitos e mecanismos do sono ainda são o alvo de intenso debate na comunidade científica, e a sua prevalência ao longo da evolução animal é objeto de grande interesse.

A nossa melhor hipótese é descrevê-lo como um comportamento recorrente. Acontece, regra geral, em padrões que se relacionam com as horas de luz solar, e fazemo-lo para permitir que o nosso corpo e mente realizem uma série de funções que são mais difíceis de realizar quando o corpo está ativo.

  

relógio na cama

  

  

O que acontece ao nosso corpo quando dormimos?

Duas coisas, principalmente: restauro e processamento de memória.

O restauro afeta todo o nosso corpo, enquanto que o processamento de memória compõe parte de uma rede complexa de processos que afeta o nosso cérebro.

Por restauro não nos referimos a nada que não esteja a acontecer de qualquer forma durante o dia. As nossas células, estruturas musculares e até tecido ósseo estão constantemente a reconstruir-se. O motivo pelo qual estes processos estão associados ao sono é que quando dormimos o nosso metabolismo desacelera imenso. A temperatura do nosso corpo baixa (daí a necessidade de quentes e deliciosos cobertores) e a nossa capacidade para gerar oxigénio reativo reduz-se. Tudo isto ajuda o nosso corpo a curar-se e a reconstruir muito mais rapidamente. É por isso também que a privação do sono nos afeta de formas inesperadas, literalmente enfraquecendo os nossos músculos e ossos. A reconstrução acontece sempre, mas é menos eficiente.

Há muito que ainda não entendemos sobre o restauro. Há estudos que apontam para que o sono afete o nosso sistema imunitário. Existem inclusive ligações entre o sono e o crescimento das crianças. Tudo isto pode estar relacionado com o nosso sistema endócrino, visto que uma coisa sabemos de certeza: o sono é gerido por hormonas.

  

mulher a dormir na secretária

  

  

Como sabemos quando adormecer?

Hormonas. Exatamente. Os seres humanos têm algo chamado de Relógio Circadiano. É uma espécie de relógio interno, afetado pela luz solar, cansaço, físico, etc. e que informa o corpo acerca de quando é hora de apagar e quando é hora de receber o novo dia. Fá-lo introduzindo hormonas na corrente sanguínea, tais como a melatonina. O Relógio Circadiano é um objeto de precisão, frágil, e alterações minúsculas são suficientes para o desregular. Uma cama desconfortável, ou até uma pequena fração de luz, podem perturbá-lo e suprimir algumas hormonas, encorajando outras, acordando-nos a horas invulgares ou tornando a adaptação a novas rotinas difícil (olá jet-lag!).

  

mulher a dormir na cama cansada

  

  

Já falámos do cérebro?

Falámos sim. Porque muita coisa acontece aos nossos corpos durante o sono, mas o cérebro é decididamente a parte do nosso sistema que é mais afetada. O cérebro apenas descansa verdadeiramente durante o sono. Mesmo durante momentos de grande sossego, se acordado, o cérebro consome 20% de toda a energia produzida pelo corpo. Durante o sono, a atividade do cérebro reduz-se drasticamente, exceto durante os períodos de sono REM, quando sonhamos.

É bastante consensual que a conversão de memórias a curto prazo para memórias a longo prazo acontece durante o sono. É por isto que os estudantes que fazem diretas para preparar exames têm muito piores resultados do que aqueles que dormem uma boa noite de sono antes de um teste. O sono é quando o nosso cérebro apreende informação nova.

É também durante o sono que o nosso cérebro se recarrega. Quando estamos acordados, o nosso cérebro consome ativamente um composto chamado trifosfato de adenosina (ATP, do inglês adenosine triphosphate) que é responsável pelo armazenamento a curto prazo e transporte de energia. Quando dormimos, o nosso cérebro reabastece-se. Se alguma vez se perguntou porque é que não consegue pensar quando está com sono em atraso… Esse é muito provavelmente o motivo. O seu cérebro precisa de um reabastecimento de ATP.

  

mulher a dormir na cama

  

  

Então e os sonhos?

Os sonhos são uma realidade acerca da qual sabemos ainda menos. Muitas diferentes explicações já se propuseram para a função do sonho. Serão representações simbólicas dos nossos desejos e carências? Serão visões de outros mundos? Ninguém sabe.

Sabemos isto: acontecem durante a fase REM (do inglês rapid-eye movement) do sono, que é uma parte relativamente pequena do nosso ciclo. O sono REM é indispensável tanto para mamíferos como para aves (sim, os pássaros também sonham!), visto que animais privados deste tipo de sono no âmbito de experiências científicas não sobreviveram.

Mas o facto é que não sabemos porquê.

  

quarto

  

  

Eis o que de facto sabemos

Dormir é fundamental. E dormir bem e confortavelmente é chave para mantermos todo o nosso sistema em boa forma. Onde dormimos, e o nosso conforto durante o sono, são essenciais para garantirmos o tempo de sono necessário (7-9 horas em adultos) e uma sucessão regular das várias fases do sono.

É por isso que é tão importante garantir que temos roupa de cama adequada e que a nossa cama é um refúgio seguro. E com isso, podemos ajudar. Visite a nossa loja online e encontrará roupa de cama da melhor qualidade do mercado, cuidadosamente criada pelos nossos experientes artesãos, usando a mais avançada tecnologia, para garantir um sono perfeito.