Partilhar a cama com um companheiro pode ser um desafio. Ainda que se possa preocupar com incompatibilidades no sono, não deve deixar que essas questões se transformem em problemas no relacionamento. É importante parar antes que comecem as infames guerras do edredão!

  

Tudo é um mar de rosas até àquela noite em que puxa o edredão para o seu lado da cama e sente um puxão de volta. Começou um ciclo interminável. Subitamente, a sua antes infinita paciência acaba. Deve haver uma solução para que a sua paz e o seu conforto regressem.

   

Está provado: investigadores indicam que metade dos britânicos perde noites de sono de qualidade, sendo que, destes, 10% refere o “roubo” dos cobertores como causa e 40% fala do controlo da temperatura. Especialistas do sono frequentemente encorajam os casais a mimarem-se na cama, portanto isso é um hábito saudável a manter!

   

A solução: um consenso. Enquanto alguns preferem calor, outros preferem fresco! Então, como se resolvem estas diferenças? Procurem formas de chegar a um consenso. Pegar noutro edredão só para nós pode parecer uma solução extrema, mas talvez seja a resposta!

 

Se pensar bem, não é uma ideia assim tão louca… Este estilo de fazer a cama é bastante comum na Escandinávia e noutros países do norte da Europa. À primeira vista pode parecer invulgar, mas o facto é que resolve um problema real. 

 

De facto, em alguns hotéis e alojamentos na Alemanha, como provavelmente já se apercebeu, a organização da mobília de cama inclui dois colchões individuais numa só armação de cama, juntamente com dois edredões e duas almofadas. Para aumentar o conforto, há alguns acessórios e processos para facilitar a adaptação.

 

Depois do seu colchão estar instalado, é hora de escolher roupa de cama adequada. Lençóis-capa são fáceis de encontrar, visto que estão disponíveis em inúmeras cores e tecidos. Se tiver dois colchões, então deve ter dois conjuntos de roupa cama separados também, ou seja, dois lençóis-capa, dois lençóis e dois sacos de edredão.

 

Durante a rotina de sono, todos temos preferências e linguagem corporal únicas. Alguns são calorentos a dormir, outros preferem fofura extra… e quando diferentes tipos de dorminhocos acabam juntos, pode ser um verdadeiro desafio dormir confortavelmente. Ainda assim, o resultado pode sempre ser positivo.

 

Na dúvida, aprenda o máximo com a cultura nórdica e experimente este estilo de vida. Quem sabe? Pode ser uma maravilha para si e para a sua companhia. Comece por comprar dois sacos de edredão que se adequem às vossas necessidades individuais.

 

Quer seja um saco de edredão normal ou reversível, priorize sempre materiais hipoalergénicos. Pode parecer estranho à primeira vista, mas esta forma escandinava de dormir é um sucesso.

 

O segredo é a roupa de cama. E parece que resolvemos o problema deste casal! Portanto, não deixem que o sono vos separe!